COMÉRCIO ILEGAL DE OURO e o CASO ARGOR

Novembro 10th, 2015
Setembro 29th, 2015 to Setembro 30th, 2015

O Observatorio de Recursos da África Austral (SARW) organizou uma Conferência sobre o Comércio Ilícito de Ouro Congolês no Hotel du Fleuve Congo, em Kinshasa de 29-30 de Setembro de 2015. A conferência foi organizada em conjunto pelo Programa de Iniciativa de Justiça da Sociedade Aberta de Nova Iorque, em colaboração com a TRIAL, uma ONG da Suiça. O Ministro de Minas, Martin Kabwelulu, abriu a conferência, embora estivessem presentes os seus membros do gabinete, o Secretário-geral de Minas, Diplomatas, os representantes dos serviços especializados do ministério de Minas, dois Ministros Provinciais de Minas (Kivu Sul e a antiga Província Oriental), assim como os representantes das companhias mineiras e sociedade civil. No total, a conferência teve aproximadamente 50 participantes. O contexto da organização desta conferência coincidiu com uma situação económica caracterizada por exportações fraudulentas de ouro produzido na RDC. As quantidades dessas exportações fraudulentas são estimadas anualmente em mais de 15 toneladas de ouro do território congolês, particularmente das Províncias do Kivu Norte, Kivu Sul e Província Oriental (Ituri).

Miner in the DRC
Sectors: 
Country: